Por falta de provas, Fachin arquiva investigação sobre sete deputados do PP

Por falta de provas, Fachin arquiva investigação sobre sete deputados do PP

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu arquivar investigação sobre sete parlamentares do Partido Progressistas (PP) e que envolviam repasses da empreiteira Queiroz Galvão ao diretório da legenda nas More »

Promotoria abre inquérito contra Alckmin por improbidade

Promotoria abre inquérito contra Alckmin por improbidade

O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito contra o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), seu cunhado Adhemar César Ribeiro e também contra o secretário Marcos Monteiro (Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação), codinome More »

Lava Jato: TRF-4 mantém pena de José Dirceu em 30 anos e 9 meses

Lava Jato: TRF-4 mantém pena de José Dirceu em 30 anos e 9 meses

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou, por unanimidade, o recurso do ex-ministro José Dirceu nesta quinta-feira (19) e manteve a pena de 30 anos e 9 meses de prisão More »

 

Por falta de provas, Fachin arquiva investigação sobre sete deputados do PP

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu arquivar investigação sobre sete parlamentares do Partido Progressistas (PP) e que envolviam repasses da empreiteira Queiroz Galvão ao diretório da legenda nas eleições 2010, investigados pela Operação Lava Jato. O inquérito apurava o repasse de R$ 2,74 milhões “sob o disfarce de doações eleitorais oficiais” do grupo Queiroz Galvão ao diretório nacional para distribuição aos parlamentares candidatos à reeleição pelo PP. Com a decisão, não serão mais investigados nesse inquérito os deputados Aguinaldo Ribeiro, Simão Sessim, Roberto Balestra, Jerônimo Goergen, Eduardo da Fonte, Mario Negromonte Júnior e Waldir Maranhão, que hoje está no PSDB. Aguinaldo Ribeiro, Eduardo da Fonte e Arthur Lira e o senador Ciro Nogueira (PI) continuam sendo investigados por um outro repasse, de R$ 1,6 milhão envolvendo um suposto contrato fictício realizado em 2011. Nesse caso, Fachin concedeu prazo de 60 dias para que sejam feitas diligências pela Polícia Federal. O pedido foi feito pela Procuradoria Geral da República, que argumentou não haver indícios mínimos de prova para manter a investigação. (Bocão News)

FacebookTwitterGoogle+Share

Em novo depoimento, Joesley liga Aécio a repasse de R$ 110 milhões

Foto: Reprodução / Agência Brasil

O empresário Joesley Batista, do grupo J&F, afirmou em novo depoimento a Polícia Federal (PF), nesta quinta-feira (20), que repassou R$ 110 milhões ao senador Aécio Neves (PSDB) durante a campanha eleitoral de 2014. Joesley já tinha dito, em delação premiada, que pagava um “mensalinho” ao tucano no valor de R$ 50 mil entre julho de 2015 e junho de 2017. Aécio virou réu no STF na última semana pelos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça. No caso dos R$ 110 milhões, de acordo com O Globo, Joesley teria confirmado que os repasses milionários ao tucano estariam atrelados à futura atuação de Aécio em favor dos negócios do grupo J&F. O repasse milionário teria sido dividido pelos tucanos com outros partidos que apoiaram o senador em 2014. O PSDB  teria ficado com R$ 64 milhões e o PTB, do ex-deputado Roberto Jefferson, teria recebido R$ 20 milhões. Já o Solidariedade, do deputado Paulinho da Força, teria levado R$ 15 milhões. Para comprovar os pagamentos, o empresário entregou aos investigadores uma extensa planilha de “doações” e um calhamaço de notas fiscais e recibos que comprovariam que o dinheiro foi encaminhado via doações oficiais e outra parte, via caixa dois. Depois de pagar os R$ 110 milhões, Joesley ainda disse que foi procurado novamente por Aécio. O senador teria pedido mais R$ 18 milhões para cobrir dívidas da campanha à presidência de 2014. A partir daí, ficou acertado que a transação seria mascarada com a compra de um prédio em Belo Horizonte. O negócio seria intermediado por Flávio Jacques Carneiro, um dos donos do jornal “Hoje Em Dia”. A defesa do parlamentar opta por provar que o senador foi vítima de uma armação de Joesley com a intenção de obter munição para um acordo de delação premiada. (Bahia Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

Promotoria abre inquérito contra Alckmin por improbidade

© Foto: Mister Shadow Geraldo Alckmin

O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito contra o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), seu cunhado Adhemar César Ribeiro e também contra o secretário Marcos Monteiro (Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação), codinome ‘Salsicha’ ou ‘M&M’, por suposto ato de improbidade. Alckmin, pré-candidato à Presidência, teria se beneficiado de valores estimados em R$ 10,5 milhões repassados para suas campanhas de 2010 e 2014 via Caixa 2. O cunhado e ‘M&M’ teriam operacionalizado os repasses, por meio de contatos com executivos da Odebrecht. Assinam a portaria de instauração do inquérito civil os promotores Otávio Ferreira Garcia, Nelson Luis Sampaio de Andrade e Marcelo Camargo Milani, todos da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, braço do Ministério Público do Estado. Os promotores usam o artigo 11 da Lei de Improbidade para embasar o procedimento. O artigo 11 estabelece que ‘constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade as instituições’. Na semana passada, a ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça, remeteu para a Justiça Eleitoral de São Paulo o inquérito contra Alckmin que tramitava na Corte Superior. Em tese, a prática de Caixa 2 da qual Alckmin supostamente se favoreceu é de competência eleitoral. Os promotores de Justiça, que nesta sexta-feira, 20, abriram o inquérito civil contra o tucano, entendem que eles também têm competência para investigar o caso. O dinheiro que teria abastecido as campanhas de Alckmin, segundo delações premiadas de executivos da Odebrecht, foi repassado ‘a título de Caixa 2, sem regular declaração à Justiça Eleitoral, de R$ 2 milhões para a campanha de 2010 e de R$ 8,3 milhões para a campanha de 2014’. Os delatores que revelaram a estratégia tucana são Benedicto Barbosa da Silva Júnior, ‘BJ’, Carlos Armando Paschoal, ‘CAP’, e Arnaldo Cumplido de Souza e Silva, todos ex-funcionários da empreiteira. Os promotores destacam que ‘há notícia de que as quantias pagas em parcelas foram recebidas mediante a participação de Adhemar César Ribeiro, cunhado de Alckmin’. Eles anotam, ainda, que um dos delatores, Arnaldo Cumplido, revelou que ‘os pagamentos eram orientados por seu chefe direto’, Luiz Antônio Bueno Júnior, e entregues a Marcos Antônio Monteiro, à época coordenador financeiro da campanha de Geraldo Alckmin e diretor-presidente da Imprensa Oficial do Estado’. Os promotores estudam enquadrar o ex-governador do artigo 9.º, da Lei 8429/92, por enriquecimento ilícito. (MSN)

FacebookTwitterGoogle+Share

Centro Médico Trade promete revolucionar a saúde de Itabuna e região

Foi inaugurado na noite da última Quinta-feira na cidade de Itabuna um novo conceito de Centro Médico. Durante um coquetel foi apresentado as novíssimas instalações do Centro Médico Trade. Contando com serviços de Ultrassom, Ressonância magnética, Tomografia computadorizada, Endoscopia, colonascopia, clínica de gastrointerologia e laboratório de análises clínicas; O Centro Médico Trade chegou para facilitar a vida da população de Itabuna e toda a região que a agora poderá fazer vários exames em um único lugar. Uma nova marca, um novo jeito de atender o paciente com muito mais modernidade e agilidade. Contando com instalações modernas, funcionários especializados, equipe médica da mais alta competência e aparelhagem de última geração o Centro Médico Trade esta em funcionamento na Avenida Princesa Isabel em Itabuna marcando uma nova era para a saúde de Itabuna e região no que diz respeito ao atendimento do paciente, excelência em diagnóstico e rapidez na entrega dos exames. Durante o coquetel de inauguração, a médica Dermatologista Aline Russel, falou com a equipe do Amarelinho Notícias sobre o desafio de implantar um clínica tão moderna quanto a cidade Itabuna esperava. Ouça o áudio:

A Dra. Aline também ressaltou a importância de se ter tudo em uma única clinica. Ouça o áudio:

Filha da terra, a Dra. Aline Russel comentou sobre sua especialidade profissional. Ouça o áudio:

Fotos do Coquete de lançamento:

FacebookTwitterGoogle+Share

TJ-BA nega indenização a estudante que investiu todo dinheiro na Telexfree

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) negou um pedido de indenização a um investidor da Telexfree. De acordo com os autos, um estudante de Salvador investiu R$ 3 mil na Telexfree, em junho de 2013. O autor disse que foi “vítima de erro”, celebrando um negócio jurídico contra a sua vontade com a Ympactus Comercial Ltda. O estudante pediu indenização no valor de R$ 25 mil. Afirmou que investiu tudo que possuía na época no contrato e que ficou sem suas economias por mais de quatro anos, chegando até tomar dinheiro emprestado para se manter. O estudante moveu uma ação de rescisão contratual com devolução de valores e indenização por danos morais. Na petição, aduz que foi descoberto que a empresa, na verdade, era uma “pirâmide financeira” disfarçada de “marketing multinível”. As denúncias foram desencadeadas no Acre, através de uma ação civil proposta pelo Ministério Público. As contas da empresa foram bloqueadas para permitir a recuperação do dinheiro dos divulgadores da Telexfree. A Ympactus, em sua defesa, afirmou que não poderia realizar uma conciliação judicial, pois seus bens estão bloqueados, e que não há interesse de agir, pois o pedido do estudante já está contemplado com o bloqueio das contas. No mérito, reclamou ser necessário que o autor opte entre prosseguir com a demanda individual e não se beneficiar dos efeitos da sentença na ação civil pública ou requerer a suspensão dos efeitos da presente ação, para somente assim ser beneficiado com a decisão na ação coletiva. Disse ainda que não há “qualquer comprovação da existência de esquema piramidal nas suas atividades e que a competência para a análise do suposto fato é do juízo criminal; que inexiste qualquer ato ilícito ou inadimplemento contratual, não sendo cabível, portanto, qualquer indenização a título de dano moral, mesmo porque o autor não juntou provas de sua ocorrência; que eventual quantia fixada a título de danos morais deve atender aos princípios da proporcionalidade e razoabilidade”. O estudante, em réplica, reiterou seu pedido. Em primeira instância, a Justiça acatou parcialmente os pedidos para declarar a rescisão do contrato entre as partes e determinar o reembolso da quantia investida, com correção monetária desde junho de 2013. O autor recorreu da decisão. No recurso, reforçou que foi vítima de erro e pediu a indenização por danos morais. De acordo com o relator do recurso, desembargador Ivanilton Santos da Silva, o pedido não tem procedência. Salientou que em primeira instância, foi reconhecida que a empresa praticou pirâmide financeira. Para o desembargador, não há dano moral a ser reparado, pois, embora o autor tenha relatado “sério abalo psicológico pela falta de dinheiro”, não apresentou nenhuma documentação ou prova. “Ora, o mero inadimplemento contratual não configura dano moral”. “Caberia, então, ao apelante comprovar que tal inadimplemento lhe ocasionou prejuízos morais e psíquicos que vão além dos meros dissabores, obrigando-o a contrair empréstimos em razão da séria situação financeira que lhe foi gerada. Nem mesmo comprovou ser um ‘mero estudante’ como diz na peça recursal e nem muito menos comprovou ter parcos recursos, tendo sua situação se agravado ainda mais com a conduta dos apelados, ao ponto, de repita-se o mais importante, ferir-lhe a honra, a moral, a auto-estima ou outros aspectos da sua personalidade”, disse o desembargador no voto. O desembargador ainda destacou que a situação do autor é diferente de causas de consumidor por má prestação de serviços. “Não se verifica, portanto, a ocorrência de dano moral indenizável, na medida em que o autor aderiu voluntariamente ao negócio e também não se cercou de nenhuma cautela, tudo sob a promessa de lucro fácil, o que já deveria ser visto com reservas”, frisou o relator no acórdão. (Bahia Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

STF abre brecha que pode prolongar julgamentos de políticos

A última chance – Por 6 votos a 5, os ministros do STF negaram a Lula a concessão do habeas-corpus preventivo (Adriano Machado/Reuters)

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou na quarta-feira maioria para permitir que políticos condenados pela Primeira e Segunda Turmas da Corte possam entrar com embargos infringentes (um tipo de recurso), caso os julgamentos não tenham resultado unânime. Na prática, isso pode prolongar a tramitação de ações penais contra parlamentares e até postergar o início do cumprimento de penas. O entendimento pode beneficiar políticos na mira da Operação Lava Jato que já se tornaram réus perante o STF, como os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Romero Jucá (MDB-RR). Segundo ministros e auxiliares do STF, os embargos poderiam ser levados ao plenário, mas a questão ainda está em aberto e deve ser definida nesta quinta-feira, em nova sessão plenária. A controvérsia se deve ao fato de o regimento interno do STF prever que, nos casos julgados pelos 11 integrantes da Corte em plenário, são necessários pelo menos quatro votos favoráveis ao réu para que esse recurso seja cabível. No entanto, não há uma previsão regimental sobre os processos apreciados pelas Turmas (composta por cinco membros cada), que são responsáveis por julgar as ações penais contra deputados federais, senadores e ministros, por exemplo. O debate sobre a validade ou não dos embargos infringentes foi feita na sessão em que se discutiu a admissibilidade de recurso do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), que contesta a decisão da Primeira Turma do STF que o condenou a 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime fechado. Maluf foi condenado pela acusação de desvio de dinheiro de obras públicas e remessas ilegais ao exterior, por meio da atuação de doleiros, quando ele ainda era prefeito de São Paulo. Este julgamento será retomado nesta quinta – até agora, quatro ministros se manifestaram contra a admissibilidade do recurso de Maluf e três, a favor. (Veja)

FacebookTwitterGoogle+Share

Gandu: Prefeitura segunda etapa da operação “cidade luz”

A prefeitura de Gandu iniciou nesta quinta (19), através da SEINFRA (Secretaria da Infraestrutura) a segunda etapa da operação “Cidade Luz”. O serviço tem o objetivo de melhorar a iluminação pública de ruas e avenidas com a reposição de lâmpadas, para dar mais comodidade e segurança à população. A segunda etapa da operação “Cidade Luz”, vai alcançar todos os bairros da cidade. Além disso, a SEINFRA realiza obras de reforma da sede dos agentes de endemias, no bairro Polivalente, posto de saúde e creche do bairro João Assis e CRAS do bairro Matadouro. Outras obras importantes no município também seguem em andamento, como a Praça São José, pista de skate e quadra de futevôlei, ambas na Praça do Povo. (Políticos do Sul da Bahia)

FacebookTwitterGoogle+Share

Jacobina: Vídeo mostra professora de creche ameaçando ‘furar a cabeça’ de criança


A professora de uma creche localizada no distrito de Novo Paraíso, em Jacobina, foi flagrada xingando e ameaçando uma criança. Em vídeo que circula nas redes sociais, a professora aparece chamando a criança de “demônio” e diz que vai “furar a cabeça com murros” se ela não parar de chorar. As ameaças foram divulgadas nas redes sociais e vêm causando indignação no município. De acordo com o site Jacobina Notícia, a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semec) de Jacobina, em nota de esclarecimento, explica que já afastou a professora acusada da unidade até que todas as providências sejam tomadas e que irá ouvir todas as partes. Ainda segundo a nota, a Secretaria afirma que uma equipe pedagógica está acompanhando a vítima e sua família e que a direção da creche e alguns pais de alunos estão sendo ouvidos para saber se não há nenhuma outra acusação de maus tratos anterior que envolva a professora. (Bahia Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

Adelino Loyola é o novo delegado substituto de Ibirapitanga

O município de Ibirapitanga tem agora novo delegado. O delegado titular de Ubaitaba, Drº Adelino Loyola, é o mais novo delegado substituto de Ibirapitanga. Assim, Loyola continua à frente da Polícia Civil de Ubaitaba, abrangendo também o município de Ibirapitanga, conforme publicação no Diário Oficial desse mês de abril. Loyola que vem fazendo um trabalho elogiável no município de Ubaitaba, onde tem a principal marca do seu trabalho, o estabelecimento de parcerias com a Polícia Militar, Ministério Público e Poder Judiciário, o que vem dando certo, repercutindo na visível redução dos índices de criminalidade naquele município, agora se incumbe de mais uma nova tarefa em Ibirapitanga. “Nova missão agora e empenho redobrado a ser empreendido em Ibirapitanga na prestação do serviço da Polícia Civil à comunidade”, disse Drº Adelino Loyola ao site Ubaitaba Uugente

FacebookTwitterGoogle+Share

PM prende casal por posse de entorpecentes Ipiaú

Em mais um brilhante trabalho desenvolvido pela Polícia Militar de Ipiaú prendeu um casal por tráfico de drogas. Por volta das 13h00min, dessa Quinta-feira (19), a Central de operações da 55°CIPM, foi informada através do 190, sobre tráfico de drogas na Rua C do Bairro São José Operário em Ipiaú. Uma guarnição da 55° CIPM/PETO deslocou ao endereço informado na denúncia anônima e ao proceder a devida busca foi encontrada no imóvel uma bolsa feminina contendo uma porção de substância analóga a Cocaína, e no fundo do imóvel foi encontrada (01) uma Peteca de substância também análoga a cocaína. A Polícia apreendeu e apresentou na delegacia territorial de Ipiaú a peteca e a porção aparentando ser de cocaína além da Sra. Gilvania Ferreira Costa e o Sr. Valdemir Jesus Santos, vulgo Cesar, que tentou fugir pelos fundos da residência dispensando a droga. O casal ficou a disposição da justiça que deverá tomar as medidas cabíveis ao caso. (Amarelinho Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

TRF4 julga recurso e pode mandar Zé Dirceu de volta à prisão

O ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, durante audiência que ouve os presos da operação Lava Jato na CPI da Petrobras, no prédio da Justiça Federal do Paraná, em Curitiba (Vagner Rosário/VEJA.com)

Depois do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) vai se debruçar, nesta quinta-feira, sobre o caso do ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu (PT). Atualmente em liberdade, Dirceu pode voltar à prisão, para cumprir a pena imposta a ele na Operação Lava Jato. O ex-ministro apresentou embargos infringentes ao TRF4 alegando que sua condenação não foi unânime. Apesar dos três desembargadores da 8ª Turma, houve diferença na dosimetria da pena, prevalecendo a maioria: 30 anos, nove meses e dez dias de prisão. O relator, João Pedro Gebran, queria uma pena maior. A possibilidade, no entanto, ainda é dúvida, porque parte dos juristas entende que os embargos infringentes só sejam possíveis quando a divergência beneficiar o réu, o que não é o caso. Se o TRF4 decidir não conhecer (não avaliar o mérito) o pedido, pode decretar o fim dos recursos em segunda instância e autorizar o juiz Sergio Moro a decretar seu retorno à prisão. Se avaliar os embargos, mesmo que negue, abre espaço para que ele apresente embargos de declaração contra o acórdão da sessão de hoje. José Dirceu foi condenado na Lava Jato pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro, acusado de receber propina em troca de benefícios indevidos à empreiteira Engevix em ao menos quatro contratos da empresa com a Petrobras. (Veja)

FacebookTwitterGoogle+Share

Randolfe Rodrigues protocola novo pedido de impeachment contra Temer

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou um novo pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer na tarde desta quarta-feira (18), na Câmara dos Deputados. A denúncia popular sugere “possível prática de crime de responsabilidade” por causa de obra na casa de uma das filhas do presidente, que teria sido paga em dinheiro vivo pela mulher do coronel João Baptista Lima Filho, amigo do peemedebista. A Polícia Federal investiga a reforma no imóvel da psicóloga Maristela Temer sob a suspeita de que tenha sido bancada com dinheiro de propina da JBS. Um dos fornecedores da obra afirmou ao jornal Folha de S. Paulo, na semana passada, que os pagamentos eram feitos em espécie por Maria Rita Fratezi, esposa do coronel. Lima Filho foi preso por três dias no final de março, alvo da operação Eskala, e sua esposa foi intimada a depor na mesma operação. Randolfe sugere que o Congresso Nacional deve responder se o presidente Temer mentiu ao dizer, por duas ocasiões, durante o exercício do mandato presidencial, que não recebeu valores não contabilizados para campanhas, o chamado caixa 2, e que não realizou transações financeiras com o coronel Lima. O parlamentar considera que, caso o Congresso rejeite seu pedido, assumirá o “ônus político” de julgar que “a prática de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro, cumulada ao ato de improbidade de enriquecimento ilícito, por parte do Presidente da República, e sua tentativa de ocultar tais delitos, prestando declaração falsa à autoridade policial, é compatível como comportamento ético esperado do ocupante do Planalto”. “De outra sorte, caso (o Congresso) entenda como positiva tal resposta (de que Temer mentiu), assumirá que tal comportamento criminoso e deletério, uma vez devidamente comprovado, no curso da instrução do feito junto ao Senado Federal, não se coaduna com ‘a dignidade, a honra e o decoro do cargo.'” Esta não é a primeira vez que Temer é denunciado por crime de responsabilidade na Câmara. Em 2016, o advogado Mariel Marley Marra apresentou pedido de impeachment contra o então vice-presidente alegando que ele cometeu os mesmos crimes da ex-presidente Dilma Rousseff. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e líderes governistas, no entanto, não fizeram esforço pela instalação do colegiado, que não possui indicações suficientes até hoje para começar os trabalhos. (Bahia Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

Ibirapitanga: Audiência Pública para discutir LDO ocorre no dia 24 de abril

Audiência Pública será realizada na Câmara Municipal (Foto: Ubatã Notícias)

A Prefeitura de Ibirapitanga realiza, na próxima terça-feira (24), a partir das 9h:30, na Câmara Municipal, uma Audiência Pública para discussão das metas e prioridades da Administração Pública com a finalidade de elaborar o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para vigor durante o exercício financeiro de 2019. Devem participar da Audiência autoridades políticas e religiosas, sociedade civil organizada, instituições e a comunidade ibirapitanguense. “É importante a participação da comunidade nas audiências públicas, que pode sugerir e propor demandas”, disse o prefeito Isravan Barcelos (PSD). A expectativa é que haja intensa participação popular no encontro. (Ubatã Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

Lava Jato: TRF-4 mantém pena de José Dirceu em 30 anos e 9 meses

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou, por unanimidade, o recurso do ex-ministro José Dirceu nesta quinta-feira (19) e manteve a pena de 30 anos e 9 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro, investigados na Operação Lava Jato. O ex-petista aguarda em liberdade o julgamento de todos os recursos na segunda instância, por decisão prévia do Supremo Tribunal Federal (STF). A pena foi mantida por unanimidade dos seis desembargadores. De acordo com o G1, Dirceu ainda não pode ser preso, já que a defesa pode entrar com embargos de declaração sobre os embargos infringentes. A pena inicial do ex-ministro foi de 20 anos e 10 meses de reclusão pela 13ª Vara Criminal de Curitiba. Mas, em recurso na segunda instância, o político teve a pena aumentada em quase 10 anos, atingindo 30 anos, 9 meses e 11 dias. Este recurso foi julgado na 4ª Seção por seis desembargadores: três da 7ª Turma e três da 8ª Turma. A pena de Dirceu é a segunda mais alta dentro da Lava Jato até o momento. A primeira foi a aplicada a Renato Duque, de 43 anos. Após o aumento da pena na segunda instância, a defesa ingressou na Justiça com embargos de declaração frente ao acórdão, ou seja, ao resultado da votação. Estes recursos foram negados pelo TRF-4. Com a negativa, um novo recurso, chamado embargos infringentes, foi impetrado. São estes que foram negados na sessão desta quinta-feira (19). O advogado de Dirceu, Roberto Podval, explica que ainda cabem novos embargos de declaração. Dirceu é acusado de receber uma prestação mensal de empresas terceirizadas contratadas pela Petrobras em esquemas de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro na Diretoria de Serviços na estatal. (Bahia Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

Ipiaú: Polícia Militar realizou mais uma operação Paz no Trânsito

Das 14:00h às 20:00h de ontem, na Rua Tomé de Sousa (nas proximidades da Praça do Cinquentenário) em Ipiaú, a Polícia Militar realizou mais uma operação denominada de “Paz no Trânsito”. Foi usado um efetivo de 13 policiais, 01 viatura e 02 motocicletas pertencentes a 55°CIPM e contando com ajuda de 05 servidores do DETRAN. Segundo a PM, durante a operação, entre motos, caros e caminhões, 458 condutores foram parados. E ainda segundo dadoas da 55° CIPM foram feitas 42 autuações, 04 certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV) e 01 CNH (carteira nacional de habilitação) foram apreendidas. Ainda como resultado na operação Paz no Trânsito, 32 veículos foram removidos emas ninguém precisou ser levado à delegacia territorial de Ipiaú. Segundo o Major PM Jocevã, comandante da 55° CIPM, a Polícia Militar em Ipiaú fará outras operações como esta. (Amarelinho Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

São João de Gandu 2018

FacebookTwitterGoogle+Share

Publicado edital de licitação da reforma do Centro de Abastecimento de Ipiaú

A CAR (Companhia de Ação e Desenvolvimento Regional) publicou nesta quinta-feira (19) o edital de licitação para a obra de recuperação, requalificação e ampliação do Centro de Abastecimento José Motta Fernandes, em Ipiaú. A concorrência vai acontecer no dia 23 de maio. Os interessados podem encontrar o edital e mais informações no site www.car.ba.gov.br. A notícia foi comemorada pelo deputado estadual Eduardo Salles, que criticou quem torce contra o desenvolvimento do município. “Não adianta, por motivos mesquinhos e eleitoreiros, ficar torcendo e desinformando a população dizendo que a obra não vai sair”, desabafou o parlamentar. “Estou muito contente com a publicação do edital porque os recursos estão garantidos e quando o serviço ficar pronto a população vai ter acesso a um centro de abastecimento com muito mais conforto e higiene”, acrescentou Eduardo Salles.  obra de reforma do Centro de Abastecimento foi anunciada pelo governador Rui Costa no ano passado em visita ao município. “Mesmo neste momento de dificuldade, o governo estadual, a prefeita Maria Mendonça, nossos vereadores e secretários e todo o grupo político têm trabalhado muito e conseguido importantes conquistas à população”, lembra o deputado estadual. Eduardo Salles cita o Ponto Cidadão e a reforma da BA-120 como obras de infraestrutura que foram importantes para Ipiaú. (Giro Em Ipiaú)

FacebookTwitterGoogle+Share

Ibirataia: Motociclista fica ferido após colidir em carro que tentava fazer retorno

Um motociclista, identificado apenas como Marcos, se feriu após colidir a moto em um carro que tentava fazer um retorno na Avenida Aurelino Coelho Lima, nas imediações da Rodoviária de Ibirataia. O acidente aconteceu na noite desta quarta-feira (18). De acordo com informações repassadas ao Bahia em Dia, a moto e o carro trafegavam no mesmo sentido, quando o condutor do automóvel tentou realizar o retorno e foi atingido pela moto, que realizava uma ultrapassagem. Ainda de acordo com informações, o condutor do veiculo, identificado como Elias Neto, permaneceu no local dando apoio e preocupado com a vitima. O motociclista recebeu os atendimentos do SAMU e em seguida foi levado ao Hospital Geral de Ipiaú, mas passa bem. (Bahia

FacebookTwitterGoogle+Share

Ex-presos da Lava Jato acreditam que Lula não suportará solidão na prisão

Ex-presos da Operação Lava Jato acreditam que em pouco tempo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não suportará a solidão na Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba, segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo. O petista está isolado em uma sala especial. Ainda de acordo com a publicação, uma das pessoas diz que, ao chegar à prisão, entrou em depressão. Até que outros presos começaram a comentar a novela e a oferecer chocolates. “Com isso, a cabeça até aguenta”, afirma o ex-detento. Segundo a colunista, na opinião dos mesmos condenados, Lula demorará a entender que talvez fique um bom tempo preso. Segundo eles, é a fase mais dura da prisão pois todos os que entram no sistema acreditam que podem sair dele em curto espaço de tempo. (Bocão News)

FacebookTwitterGoogle+Share

Aiquara: Governador cancela visita onde cumpria agenda de inauguração de rodovia

O secretário Jerônimo Rodrigues coordenou a entrega da estrada asfaltada. (Fotos: Jitaúna em Dia)

O governador Rui Costa (PT), cumpria agenda nesta quarta-feira (18), em Aiquara onde estava previsto a inauguração e pavimentação asfáltica da Rodovia BA-647, trecho que liga o entroncamento da BR-330 atravessando o distrito de Palmeirinha numa extensão de 13 Km. Por conta do mal tempo que atinge a capital o helicóptero do Governo ficou impossibilitado de decolar do aeroporto de Salvador. A visita ao município terá uma nova data a ser definida. O secretário de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia, Jerônimo Rodrigues, natural de Aiquara, justificou a ausência do chefe do estado e coordenou a entrega da estrada asfaltada que interliga o município a BR-330. Jerônimo agradeceu a vinda de várias liderança e prefeitos que estiveram na cidade durante pronunciamento. Na oportunidade o secretário coordenou a entrega de 166 certificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e 5 mil mudas frutíferas foram distribuídas aos pequenos produtores. O município também recebeu via emenda uma nova ambulância que atenderá a saúde local. O prefeito de Jitaúna, Patrick Lopes participou da cerimônia de entrega da rodovia juntamente com os vereadores Xico, Josuel, Jeane Rocha, Bafafá e o presidente da câmara Neres Costa. (Jitaúna em Dia)

FacebookTwitterGoogle+Share

PGR abre investigação sobre vídeo de Gleisi para TV Al-Jazira

Foto: Reprodução

A Procuradoria-Geral da República (PGR) instaurou procedimento preliminar para analisar a possibilidade de abrir inquérito sobre um vídeo gravado pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), para a TV Al-Jazira (veja aqui), de acordo com a Coluna do Estadão. Na gravação, ela diz que o ex-presidente Lula é um preso político e acusa a Justiça brasileira. “Lula foi condenado por juízes parciais num processo ilegal. Não há nenhuma prova de culpa, apenas acusações falsas”, afirmou. A petista termina convocando “todos e todas [do mundo árabe] a se juntarem na luta” para libertar Lula.  A instauração da Notícia de Fato é o primeiro passo antes de a PGR instaurar um inquérito. A determinação partiu da titular da Secretaria Penal da PGR, subprocuradora Raquel Branquinho. No plenário do Senado, a presidente do PT reiterou sua fala à TV Al-Jazira e classificou as críticas como xenofobia. (Bahia Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

Destinação dos resíduos sólidos foi tema da reunião do consórcio litoral sul

Secretários e prefeitos municipais estiveram reunidos nesta quarta-feira, 18, em Itabuna, para discutir estratégias visando a correta destinação dos resíduos sólidos nos municípios associados ao Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território Litoral Sul. A iniciativa visa atender a exigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), que prevê a erradicação dos lixões, dando destino ambientalmente correto aos resíduos sólidos e investindo na construção de aterros sanitários. De acordo com o prazo aprovado pelo Senado Federal, os municípios tem até 31 de julho de 2018 para cumprir a determinação. Pensando nisso, o Consórcio Litoral Sul tem buscado soluções com empreendimentos que já possuem expertise no seguimento, a exemplo da Mundial TRS – Gestão de Ativos Ltda, de Simões Filho, que apresentou a proposta de investimento da Unidade Fabril – Termoelétrica a partir dos Resíduos Sólidos. Outra iniciativa que será apresentada aos gestores, será a possibilidade de firmar um termo de cooperação técnica com o Instituto Austríaco de Tecnologia (AIT), maior instituto de pesquisa não universitário da Áustria que oferece soluções tecnológicas para indústrias, municípios e governos no campo da infraestrutura e meio ambiente. As soluções apresentadas serão amplamente esclarecidas em outros encontros com os gestores municipais. Nesse sentido, o presidente do CDS-LS e prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio fez um chamamento aos prefeitos sobre a necessidade deles “buscarem um maior entendimento das ações do consórcio e estarem juntos na busca por soluções, que são de interesses em comuns dos municípios da região”. Ainda na reunião com os prefeitos consorciados, foram apresentados contratos e convênios do CDS-LS com o governo do Estado da Bahia, a entrega do Regimento Interno do Consórcio, entre outros assuntos. (políticos do Sul da Bahia)

FacebookTwitterGoogle+Share

Juíza não autoriza e deputados adiam visita a Lula em Curitiba

Foto: Nelson Antoine/ AP

Os deputados federais que visitariam nesta semana o ex-presidente Lula, que está preso na Superintendência da Polícia Federal no Paraná, terão de adiar a viagem já que a juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, ainda não deu parecer sobre o pedido de inspeção das instalações do cárcere, mesma justificativa utilizada pela comitiva de senadores que esteve no local na terça-feira (17). O grupo pretende insistir no propósito e seguir para Curitiba na próxima terça (24), conforme  informação da assessoria do deputado Paulo Pimenta (PT-RS) à rádio BandNews FM. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a visita havia sido autorizada pelo pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), atendendo ao pedido dos parlamentares Bebeto Galvão (PSB-BA), Ivan Valente (PSOL-SP), Orlando Silva (PCdoB-SP), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Weverton Rocha (PDT-MA), André Figueiredo (PDT-CE), Wadih Damous (PT-RJ), José Guimarães (PT-CE) e Paulo Teixeira (PT-SP), além do próprio Paulo Pimenta. No dia 8 de abril, um grupo de governadores, em que estava o gestor da Bahia, Rui Costa (PT), também foi barrado em uma tentativa de encontrar o ex-presidente. Na impossibilidade de vê-lo pessoalmente, a comitiva deixou uma carta de apoio ao petista. Até o fechamento da reportagem o bahia.ba não havia conseguido falar com o deputado Bebeto Galvão. (Bahia.ba)

FacebookTwitterGoogle+Share

Ubatã: Público alvo da Campanha contra a Gripe é superior a 6 mil pessoas

Edanielle Vidal – Coordenadora da Vigilância Epidemiológica

Cerca de 6 mil pessoas, mais precisamente 6.011 ubatenses devem se vacinar contra gripe em Ubatã conforme informação da Vigilância Epidemiológica, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde. Segundo explicou a Vigilância, são 1.676 crianças de 06 meses a menores de 05 anos; 194 gestantes; 350 trabalhadores em saúde;  670 pessoas com comorbidades; 186 professores (Ministério da Saúde calculou esse quantitativo com base nas doses que foram administradas no ano passado); 0 indígenas; Ministério da Saúde não informou o quantitativo de funcionários do sistema prisional e tampouco da população privada de liberdade. “Vamos fazer um trabalho forte de divulgação da campanha, que alcançará a zona rural e será implementada em todas as UBSs do município”, destacou Edanielle Vidal, Coordenadora da Vigilância Epidemiológica. Em tempo, a campanha será iniciada na próxima segunda-feira (23) e será encerrada no dia 1º de junho. A meta é imunizar 90% do público alvo. (Ubatã Notícias)

FacebookTwitterGoogle+Share

Luer Lomanto Jr. apela ao governo do estado para que convoque os aprovados na SESAB para trabalharem no Prado Valadares

Lamentando a falta de atenção do governo do estado e a demora para convocar os aprovados no concurso da Secretaria Estadual de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o deputado estadual Leur Lomanto Jr (DEM), apelou por uma solução para o impasse que transcorre há dez anos. O deputado pede que o governo do estado se sensibilize e acate o direito das pessoas que se classificaram e estão habilitadas para exercerem os cargos na área de saúde. A reivindicação atende ao apelo dos profissionais que procuraram Leur Jr. para relatarem o problema. A maioria é de enfermeiros e técnicos de Enfermagem do núcleo de Jequié, que aguardam a convocação para trabalharem no Hospital Geral Prado Valadares, no município, onde está prevista a inauguração de uma nova ala. Consta que os 850 cargos vagos de diversas carreiras pertencentes ao Grupo Ocupacional de Serviços Públicos de Saúde, do quadro de pessoal da Sesab encontram-se preenchidos pelos profissionais temporários, em regime do REDA e por outros tipos de contratos. “É preciso chamar a atenção para violação frontal dos direitos desses cidadãos, que estão sendo preteridos. Além disso, dessa forma, a gestão estadual fere os princípios da legalidade e da eficiência administrativa. Apelamos para que o governo respeite a decisão da Ação Civil Pública do Ministério que confirmou o direito dos candidatos do concurso”, afirmou. (Jequié e Região)

FacebookTwitterGoogle+Share